terça-feira, 3 de março de 2015

Propaganda é a alma do negócio

Quem me conhece já sabe: eu adoro uma boa propaganda. Então, pirei quando vi essas da Hortifruti, uma rede varejista de hortifrutigranjeiros com lojas presentes no Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo.

Veja abaixo alguns exemplos dos anúncios da rede:







Criatividade é tudo!!

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Estadão recruta degustadores de ovos de Páscoa



Que tal passar um dia inteiro comendo os melhores chocolates de São Paulo? Pois, o Estadão convida os seus leitores para uma degustação de ovos de Páscoa com o intuito de escolher dos melhores chocolates disponíveis na cidade.

Não é preciso ser um expert para ser um dos degustadores. Basta escrever um texto sobre as suas impressões a respeito de um chocolate qualquer (que não precisa ser no formato de ovo) de até 250 caracteres. Os melhores serão selecionados para, no dia 18 de março, comparecer na sede do jornal O Estado de São Paulo e participar da dura tarefa de provar 50 ovos de Páscoa pré-selecionados. As inscrições podem ser feitas até o dia 05 de março.

E aí, se animou? Pena que um dos requisitos é ser morador da Grande São Paulo, se não eu me candidataria com certeza!

Taí uma idéia que revistas e jornais de Curitiba deviam podiam copiar.

Para mais informações e para ver todas as regras, CLIQUE AQUI.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

30 melhores cervejas vendidas no Brasil segundo a Forbes


Que brasileiro ama cerveja, ninguém duvida. Que o mercado de cervejas artesanais está super em alta também não, mas o que pode ser novidade para muitos é que tem muita cerveja artesanal bacana sendo produzida em terras tupiniquins.

Tanto é verdade que até gigantes do mercado já andam de olho em pequenas produtoras brasileiras, especulando sobre esse novo jeito de consumir cervejas que está a toda por aqui, e que gera, por ano, uma média de US$ 700 milhões. 

Segundo notícia publicada no site da Forbes, a Ambev adquiriu o controle da Cervejaria Wals de Minas Gerais, no começo de fevereiro, sendo esta uma das mais de 300 pequenas cervejarias artesanais brasileiras e que lidera o mercado, tendo faturado no último ano US$ 3,16 milhões. Nada comparado ao faturamento da própria Ambev, que gira em torno de US$ 43,17 milhões, mas o acordo vai beneficiar ambos os lados. A gigante produtora da Budweiser (e muitas outras!) combate a concorrência das pequenas cervejarias e a pequena produtora artesanal pode levar o seu produto a outras pessoas dispostas a pagar até 3 vezes mais por uma cerveja de boa qualidade.

A hora de investir é agora!


As cervejas artesanais representam 0,15% do total do mercado brasileiro, considerado o terceiro maior do mundo. O Grupo Pão de Acúcar, que vende 150 marcas distintas de cerveja, viu o seu mercado crescer 80% no último ano e as expectativas de crescimento para os próximos é ambiciosa: eles pretendem representar 2% de todas as vendas no mercado nacional e para acompanhar esse crescimento, já estão treinando funcionários para que se tornem grandes conhecedores do produto.

Portanto, se você sempre quis montar uma cervejaria ou se tornar um sommelier de cervejas, o momento é esse! Não perca tempo! Existem vários cursos disponíveis no Brasil e no mundo. Quem sabe essa não é aquela chance que você estava esperando para largar de vez esse seu emprego chato e entediante?

Foto: Etílicos

Mas, se você não tem pretensão nenhuma de entrar no mercado e só quer saber de apreciar uma loura (ou morena, ou ruiva... são tantas opções!) bem gelada, que tal uma degustação? O site da Forbes também traz uma lista com as 30 melhores marcas de cerveja disponíveis no Brasil, segundo o site AllBeers e publicado pela revista Prazeres da Mesa.

Obs: As que estão negritadas são cervejarias curitibanas!!!

1. Duchesse de Bourgogne (Bélgica)
2. Morada Hop Arabica (Brasil)
3. Colorado Ithaca (Brasil)
4. North Coast Old Rasputin Russian Imperial Stout (Estados Unidos)
5. Morada Double Vienna (Brasil)
6. Tripel Karmeliet (Bélgica)
7. Tupiniquim Omnipollo Polimango (Brasil)
8. Chimay Bleue (Bélgica)
9. Bodebrown Cacau IPA (Brasil)
10. Ballast Point Sculpin IPA (Estados Unidos)
11. Brewdog Punk IPA (Reino Unido)
12. Schornstein IPA (Brasil)
13. Bierland Vienna (Brasil)
14. Eisenbahn 5 (Brasil)
15. Orval (Bélgica)
16. Cafuza Imperial India Black Ale (Brasil)
17. Wals Dubbel (Brasil)
18. Seasons Green Cow IPA (Brasil)
19. Jupiter American Pale Ale (Brasil)
20. Eisenbahn Lust (Brasil)
21. Dum Petroleum (Brasil)
22. Mula IPA (Brasil)
23. Wals Session Citra (Brasil)
24. Bodebrown Perigosa (Brasil)
25. Duvel (Bélgica)
26. Bamberg Franconian Rhapsody (Brasil)
27. Delirium Tremens (Bélgica)
28. Burgman Casanova (Brasil)
29. Landel Session IPA (Brasil)
30. Tally-Ho (Reino Unido)

domingo, 15 de fevereiro de 2015

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Iogurte de Vagina?

Foto: Minha Vida

Gente, eu não ia postar mais nada essa semana, mas depois de ler essa notícia, não vai dar pra não compartilhar.

Uma médica e estudante de Phd da Universidade de Wisconsin, em Madison, nos Estados Unidos, resolveu fazer iogurte das suas secreções vaginais. Isso mesmo, você não leu errado. E, por favor, continue comigo, vai valer a pena, prometo.

Há algum tempo atrás, um livro, que tinha receitas tendo como base esperma, virou sensação na internet e a Dra. Cecilia Westbrook, a tal estudante, ficou indignada ao constatar que existia um livro inteiro sobre o assunto mas absolutamente nada sobre cozinhar com secreções vaginais.

Pois ela arregaçou as mangas e resolveu dar um fim a essa lacuna "gastronômica" e fez iogurte de seu fluxo vaginal.

A primeira "fornada", segundo a própria autora, tinha um gosto azedo, picante, parecido com iogurte indiano. Já a segunda tentativa resultou em um iogurte que tinha um gosto quase de leite estragado.

Por mais estranho que possa parecer, a autora da pesquisa tem fundamentos válidos que a motivaram. A flora vaginal feminina é muito rica em micro-organismos, inclusive em lactobacilos que são exatamente o tipo de bactérias usadas na fabricação de iogurtes convencionais.

Isso não quer dizer que você vai encontrar esse tipo de iogurte nas prateleiras dos supermercados daqui a um tempo. Junto com os lactobacilos, as vaginas também contém outros tipos de bactérias (que em grandes quantidades podem não ser assim tão saudáveis) e podem conter, ainda, doenças, o que não as faz as melhores fontes de lactobacilos.

Mas, e se fosse saudável, você consumiria um produto desses? Você, amiga mulher, toparia fazer iogurte das suas secreções vaginais? E você, caro macho, gostaria de um produto fabricados de fluxos vaginais?

Bom, posso parecer careta, mas acho que vou continuar tomando iogurte convencional mesmo!

Fonte: MOTHERBOARD

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Bacon, manteiga e chocolate! Tá liberado, galera!!

                                                       Foto: The Telegraph

Para essa minha primeira postagem no GD, eu tenho uma ótima notícia para compartilhar com você, meu amigo e companheiro glutão.

Você se lembra de todos aqueles conselhos médicos e matérias em revistas e jornais que diziam que manteiga, bacon, carnes gordurosas, embutidos, e algumas outras delicias gastronômicas não faziam bem à saúde e deveriam ser banidos das nossas dietas?

Pois bem! Eis que novas pesquisas foram realizadas e adivinhe só: está tudo liberado, ou melhor, quase tudo!

Uma matéria, publicada no jornal inglês "The Telegraph" nesta semana, afirma que as pesquisas realizadas anteriormente e que nos levaram a acreditar que esse tipo de comida é um veneno foram baseadas somente na saúde de homens que já não eram saudáveis e que seus resultados nunca deveriam ter sido publicados.

Então, você deve estar se perguntando: "ok, então, o que eu posso comer?"

Vamos à lista:
1. manteiga e a mal vista banha de porco
2. leite integral
3. iogurtes integrais
4. tortas
5. bolos e biscoitos (com moderação, obviamente!)
6. carnes gordurosas
7. linguiças
8. BA-CON!!!
9. queijos e creme de leite
10. chocolate

Claro, ainda existem algumas restrições como frutose (com exceção da encontrada naturalmente nas frutas), pão branco, arroz branco, açúcar e comidas processadas (argh!). 

Mas, com o bacon, a manteiga e o chocolate liberados, quem é que liga pro arroz??

fonte THE TELEGRAPH


segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Água de esgoto seria perfeita para fazer cerveja


Art Larrance é o mestre cervejeiro de maior renome do estado do Oregon, nos Estados Unidos. Como forma de chamar a atenção da sociedade para a importância do tratamento das águas residuais, ele reuniu colegas e o governo local para uma torneio em que venceria a melhor cerveja feita com a água da estação de tratamento do rio Tuolumne Tualatin.

Além da ação com objetivo social, ainda existe uma questão científica. Larrance afirma que a água tratada é realmente ideal para a produção de cervejas, já que o tratamento químico pelo qual passa a água residual a deixa com características muito próximos à água destilada usada na fabricação convencional.

"O processo deixa a água 'esterilizada' e, em seguida, são adicionados os minerais. Quando ele é feito, a água resultante atende todos os padrões de água potável", disse Larrance ao site da revista Fast Company.

"O desafio que temos por anos é que sempre encaramos o produto que tratamos, que é a água limpa, como algo descartável que deve ser jogado fora. Hoje, sobretudo pelos problemas que alguns enfrentam de escassez, estamos começando a perceber que esta água tratada é um recurso importante", disse.

Água residual tratada tem sido vista como uma solução para lugares onde as reservas do recurso são poucas, além de representar uma oportunidade para o desenvolvimento de novas tecnologias.

fonte ESTADÃO
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...