quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Insetos: A Comida do Futuro

Se você é daquele tipo de pessoa que está sempre se preocupando em ter uma alimentação mais saudável e em como incrementar as refeições para que elas fiquem mais nutritivas, é bom você começar a cogitar a introdução de insetos no seu prato.


Apesar de muita gente torcer o nariz com a idéia de comer esses bichinhos, a prática é muito comum em vários países, como Tailândia, México, Austrália e Colômbia. Inclusive, nos Estados Unidos existem festivais anuais de entomofagia (nome dado à prática de comer insetos). Nós já falamos sobre o assunto no post "Entomofagia, a Ideia de Comer Insetos", de 2011.

Segundo um estudo da Universidade de Oxford, publicado no European Journal of Clinical Nutrition, insetos seriam mais saudáveis do que carnes "comuns", como gado, porco e frango.


Na pesquisa, foram usados dois métodos distintos: o primeiro, chamado de modelo Ofcom, compara a quantidade de calorias, sódio, açúcar e gordura saturada existentes em cada porção de 100g do item estudado. O segundo modelo, chamado de Nutrient Value Scores, é parecido com o primeiro, mas também avalia as quantidades de vitaminas e minerais do produto.

No primeiro modelo não houveram diferenças significativas entre os nutrientes dos insetos e de outros tipos de carne, mas no segundo modelo, grilos, larvas, abelhas e besouros se saíram muito melhor do que carne de gado e de galinha.

Segundo os entusiastas da ingestão de insetos, essa poderia ser a salvação para acabar com a fome no mundo, com a vantagem de ter um baixo impacto ambiental quando comparado a outras formas de se produzir alimentos. 

Ainda, de acordo com um relatório das Nações Unidas, publicado em 2013, comer insetos pode ajudar a combater a obesidade, como explicamos no post "Comer Insetos Pode Ajudar a Combater a Obesidade".

Imagem: Bitty

A indústria alimentícia já está de olho na nova tendência, procurando meios de produzir alimentos que levem insetos em sua composição aumentando significativamente a quantidade de proteína em suas tabelas nutricionais. 

Em uma matéria publicada na CNN money, a Wayback Burgers, cadeia de restaurantes de fast food americana, lançará um milkshake chamado "Oreo Mud Pie Cricket Protein Milkshake" que será feito com um "blend" de grilos e chocolate. 
Imagem: CNN Money

De acordo com o gerente de marketing da rede, Gillian Maffeo, tudo começou como uma brincadeira no April's Fool (o equivalente americano ao primeiro de abril aqui no Brasil), mas a resposta dos consumidores foi tão boa que eles resolveram vender o produto de verdade. Mafeo diz ainda que cada milkshake conterá uma média de 96 grilos secos e moídos e a quantidade impressionante de 24g de proteína por porção.

Barrinhas de cereais feitas com farinha de grilo
Imagem: Chapul

Mas não é só de shake que vive a indústria dos insetos. Também já estão disponíveis no mercado biscoitos e barrinhas de cereais feitas de farinha de grilos. 

Cookies com gotas de chocolate e farinha de grilos
Imagem: Bitty

No post "Hamburguer de Besouro? Logo, Insetos Deverão Fazer Parte do Cardápio Ocidental", publicado aqui no blog em março de 2013, destacamos que o diretor florestal da Organização para a Alimentação e Agricultura das Nações Unidas, Patrick Durst acredita que um dia teremos hamburgueres de besouros e grilos. “Eu já posso ver o momento em que poderemos comprar hambúrgueres de besouro nas seções de congelados dos supermercados”, disse Gates. O segredo, segundo ele, é como estes alimentos serão apresentados. Uma hipótese é atrair aqueles que priorizam saúde e o meio ambiente. 

E aí? Apeteceu??

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Participe!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...